Prefeito de Macau: “O Município está com tanta coisa irregular que não podemos realizar pagamentos antes de uma análise jurídica e da controladoria”

Einstein Barbosa - Reunião Sinte RN

A situação não está nada fácil em Macau. O prefeito em exercício Einstein Barbosa recebeu no final desta segunda-feira (14) o Sindicato da Educação e apresentou as primeiras informações que encontrou na Prefeitura.

Segundo Einstein, várias irregularidades foram encontradas nas áreas contábil e financeira da Prefeitura como contratos sem assinatura, pagamentos realizados sem processos, transferências sem identificação, ausência de prestação de contas, falta de documentos, ausência de pareceres jurídico e da controladoria, negativação do município no CAUC – o que poderá impedir o recebimento de recursos federais, etc.

“Fizemos contenção de despesas para conseguir uma reserva de caixa para realizarmos os pagamentos. Entretanto, o Município está com tanta coisa irregular que os pagamentos somente serão realizados na medida que a assessoria jurídica e a controladoria forem regularizando os procedimentos administrativos e contratos”, explicou.

A Prefeitura de Macau está realizando uma auditoria contábil, financeira e administrativa para tentar regularizar as finanças do Município e pretende realizar uma audiência pública com o resultado da auditoria no final do mês de janeiro/2016.