Bolsa Família: Macau bem na frente no ranking do Ministério da Saúde

O município de Macau foi um dos primeiros do país a atingir a meta de 80% de famílias acompanhadas pelo setor saúde do Programa Bolsa Família. A cidade mais uma vez foi a primeira do Rio Grande do Norte a bater a meta mínima estipulada pelo Ministério da Saúde, apresentando um resultado expressivo, quando se constata que no Rio Grande do Norte só acompanhou 8,94% do total de famílias e a nível nacional apenas 10,52% de famílias que já cumpriram a condicionalidade da saúde.

“O resultado exitoso é a decorrência do planejamento e o esforço dos colaboradores da Secretaria Municipal de Saúde, bem como, da intersetorialidade efetuada com a Secretaria Municipal de Assistência Social, que possibilitou o alcance desta meta com três meses de antecedência”, comemora a Secretária de Saúde Elisabete Carrasco.

No total já foram acompanhadas mais de 2 mil famílias, que passaram pela avaliação antropométrica, monitoramento e atualização da carteira de vacinação das crianças e averiguação da realização do pré-natal pelas gestantes beneficiárias. Apesar do cumprimento da meta, a Secretaria de Saúde tem como objetivo superar o resultado da vigência passada, que ultrapassou os mais 95% de famílias totalmente acompanhadas.

A secretária de saúde chama atenção das famílias beneficiárias do programa que ainda não cumpriram a condicionalidade da saúde para procurarem a unidade de saúde mais próxima ou a própria secretaria de saúde para regularizar a situação. “A condicionalidade da saúde é um critério estabelecido pelo Programa Bolsa Família para que a família assistida continue fazendo jus aos repasses financeiros. O descumprimento pode acarretar no bloqueio e até cancelamento do benefício”, alertou a secretária.

programabolsafamilia2014_0001jj