Escolas de Macau elevam o IDEB

imagem ilustrativa

imagem ilustrativa

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2013 mostra que o país ultrapassou as metas previstas para os anos iniciais (1º ao 5º ano) do ensino fundamental em 0,3 ponto. O Ideb nacional nessa etapa ficou em 5,2, enquanto em 2011 havia sido de 5,0.

Os anos iniciais do ensino fundamental são oferecidos prioritariamente pelas redes municipais, que respondem por 81,6% das matrículas da rede pública nessa etapa. O total de estudantes nos primeiros anos do fundamental é de 15.764.926, sendo 13.188.037 de escolas públicas. As metas da rede municipal de ensino foram alcançadas por 69,7% dos municípios brasileiros.

No município de Macau, todas as escolas da rede municipal elevaram o Ideb, dentre elas, duas se destacaram por atingirem a meta: ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ RIBEIRO e ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MAURA DE MEDEIROS BEZERRA, no 5º ano.

O Secretário de Educação, Rodrigo Aladim, parabeniza a equipe gestora, apoio pedagógico, bem como professores e alunos pela dedicação e esforço em fazer uma educação de qualidade. Afirmou, ainda, que o compromisso e os avanços que Macau vem obtendo na educação é fruto do trabalho sério desenvolvido em toda a rede municipal.

Entenda o que é o Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo Inep em 2007 e representa a iniciativa pioneira de reunir em um só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações.

O Ideb agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb e a Prova Brasil.