Prefeitura regulariza repasse e maternidade volta a funcionar normalmente na segunda-feira

Prefeito Kerginaldo Pinto com a Secretária de Saúde, Denise Aragão e Hailton Marques

Prefeito Kerginaldo Pinto com a Secretária de Saúde, Denise Aragão e Hailton Marques

Uma audiência do diretor da APAMI, Hailton Marques com o prefeito de Macau Keginaldo Pinto resolveu o dilema em torno do convênio da Maternidade José Varela, que vem funcionando precariamente, justamente pela falta de recursos. Na ocasião, o prefeito autorizou o repasse imediato de R$ 45 mil a instituição e recebeu a garantia de que a maternidade passaria a atender normalmente a comunidade a partir da próxima segunda-feira (08).

Com o repasse dos R$ 45 mil, feito na já quarta-feira (03), a prefeitura colocou em dia as parcelas do convênio, referente aos meses de maio e junho. O bioquímico Hailton Marques informou que os recursos serão usados para o pagamento de salários atrasados, o que garante a convocação dos colaboradores para voltarem as suas atividades normalmente.

“Quando assumi a direção da maternidade a menos de um mês, pedi o prazo de 90 dias para achar uma solução e não assistir o fechamento dessa importante casa que traz a vida ao mundo”, lembrou Hailton Marques, destacando que o compromisso do prefeito Kerginaldo Pinto em manter o repasse do convênio em dia já é um avanço considerado, tendo em vista que o prefeito ficou de analisar posteriormente um aumento no valor do convênio.

Agenda positiva

Segundo Hailton Marques, o prefeito Kerginaldo Pinto se comprometeu a agendar audiências e acompanhar a direção da APAMI em encontros com prefeitos da região, com a governadora Rosalba Ciarlini e com a bancada federal.

“O objetivo é somar esforços, no sentido de conseguir convênios com as prefeituras que enviam seus munícipes para a maternidade, com o governo do estado e garantir uma emenda federal que possa trazer recursos para o investimento em melhorias na estrutura física da maternidade”, revelou Hailton Marques.

Hailton também lembrou que procurou a direção da Fundação Antônio Ferraz e foi bem recebido, tendo conseguido junto ao hospital a doação de parte dos medicamentos de uso contínuo. Ainda de acordo com Marques, a prefeitura também está colaborando nesse momento, através das secretarias de Infraestrutura e de Gestão e Serviços, com reparos na estrutura elétrica e hidráulica, poda de árvores e pintura.

Para o prefeito Kerginaldo Pinto, o momento é de unir forças e mobilizar também a sociedade para que o município abrace a casa que a foi a porta de entrada de várias gerações de macauenses no mundo. A maternidade José Varela funciona com 30 leitos e tem atualmente 23 funcionários.