Prefeito reúne secretariado e discute etapas para a realização do concurso público

Prefeito Kerginaldo Pinto na abertura da reunião para tratar sobre o concurso público

Prefeito Kerginaldo Pinto na abertura da reunião para tratar sobre o concurso público

A agenda do prefeito de Macau Kerginaldo Pinto, na manhã desta quarta-feira (03), foi reservada exclusivamente para a discussão do concurso público para contratação de novos servidores para o município. Uma reunião com todos os secretários, no auditório do Sesi, discutiu prioridades e as etapas para a realização do certame.

A reunião de secretariado foi aberta pelo prefeito, que fez questão de reforçar a disposição e compromisso de sua gestão para realizar o concurso, antes do final deste ano. Após as palavras iniciais do prefeito, o assessor jurídico da prefeitura, Miguel França fez uma ampla explanação sobre o tema em debate, levantando várias particularidades.

Ainda falou abertamente sobre a questão, o assessor especial de governo, o engenheiro e advogado David Batista Bezerra, seguido dos demais secretários. Na reunião ficou determinada pelo prefeito, a criação imediata de uma Comissão Especial de Concurso Público, que ficará responsável por todo o rito processual da sequencia de procedimentos até o lançamento do edital licitatório que vai escolher a empresa para a realização do concurso.

Em outro momento da reunião, o prefeito Kerginaldo Pinto lembrou aos auxiliares que não vai abrir mão da celeridade e da transparência, além do critério técnico para avaliação de todas as informações que serão levadas à comissão para a formatação do quadro de pessoal suficiente para o fiel cumprimento das atividades fins, por cada secretaria vinculada ao Executivo.

“O concurso público é a maior reivindicação do cidadão macauense. São dez anos sem uma chance de disputar uma vaga e ingressar no serviço público. É um compromisso nosso, está no plano de governo e vamos fazer valer esse direito de todos”, finalizou o prefeito Kerginaldo Pinto.

o assessor jurídico, Miguel França faz explanação

o assessor jurídico, Miguel França faz explanação